Terça-feira, 7 de Agosto de 2007

Sudoeste despediu-se em alta



A 11.ª edição do Festival Sudoeste terminou às primeiras horas de ontem. A zona em frente ao palco principal só viria a encher-se de gente no momento em que os James entraram em cena. Como seria de esperar, foi um concerto de antologia onde não faltaram os hits que a plebe queria ouvir: "Born of frustration" ou "Sit down", por exemplo.
Horas antes, Albet Hammond Jr, o guitarrista dos Strokes, actuara perante escassas centenas, mas deixou boa impressão com um rock orelhudo que lembrou, e com toda a naturalidade, os Strokes.
Cristiano Pereira
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN desta terça-feira.
publicado por JN às 10:12
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Agosto de 2007

Adeus, Sudoeste

A 11.ª edição do Festival Sudoeste terminou às primeiras horas de hoje. Ao longo de quatro dias, tudo parece ter corrido dentro das expectativas mais optimistas. O público compareceu numa média de 40 mil por dia e viram-se mais de seis dezenas de actuações distribuídas por três palcos.

Cristiano Pereira
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN desta segunda-feira.

tags:
publicado por JN às 00:36
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 5 de Agosto de 2007

Já há som de Albert Hammond Jr no palco TMN

publicado por JN às 20:52
link do post | comentar | favorito
|

Momentos refrescantes obrigatórios





tags:
publicado por JN às 18:22
link do post | comentar | favorito
|

James regressam com uma atitude muito diferente

Desapareceram durante seis anos, mas o final dos James nunca foi oficialmente decretado. Na verdade, eles não acabaram com a banda, antes decidiram acabar com o sentimento de estarem fartos deles próprios e do negócio todo. Os James foram uma das bandas de maior êxito do pop/rock entre os anos 80 e 90. Temas como "Sit down", "Laid" ou "Born of frustration" fizeram disparar vendas e digressões. Hoje, estão de volta aos palcos e ao negócio com uma "atitude muito diferente", segundo contou o baixista Jim Glennie ao JN. Quanto a discos, lançaram recentemente uma compilação de singles com duas canções novas, "Fresh as a daisy - the singles", e preparam um álbum de originais para 2008.
Cristiano Pereira
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste domingo.

tags:
publicado por JN às 00:11
link do post | comentar | favorito
|

O grande sismo de Buraka Som Sistema

Cuidado com ela: Petty, uma catraia de 17 anos, sabe como endoidecer uma plateia de 40 mil. Ela é a face mais visível dos Buraka Som Sistema, nova coqueluche da música que por cá se faz e que parte de uma base africana do Kuduro. Petty é imparável - e é muito por seu mérito que os Buraka abafaram a concorrência na segunda noite do Festival Sudoeste, que hoje termina no Alentejo.
Cristiano Pereira
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste domingo.

publicado por JN às 00:04
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 4 de Agosto de 2007

Sérgio Godinho e Sam the Kid no Palco TMN

 

publicado por JN às 21:32
link do post | comentar | favorito
|

Imaginação e improviso no Camping







música: Camping
publicado por JN às 19:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

"A música dá-me liberdade para ser um homem gay"

Há cinco anos, quando Vanessa da Mata lançou o primeiro álbum, homónimo, a crítica via-a como uma carinha bonita de voz doce. Dois anos depois, "Essa boneca tem manual" veio desabrochar o seu potencial como compositora. Hoje, a jovem artista, que acaba de editar "Sim", actua no Festival Sudoeste, na Zambujeira do Mar. O JN falou com ela entre "um biscoitinho e café com leite"...
Cristiano Pereira
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste sábado.
publicado por JN às 02:36
link do post | comentar | favorito
|

Manu Chao trouxe a energia que toda a gente esperava

Ele tem corpo franzino, um lenço branco na testa e ar de terrorista determinado a detonar a máquina capitalista em nome de uma qualquer revolução esquerdista que visa combater as desigualdades deste planeta. É Manu Chao - esteve na Zambujeira do Mar e ,em quase duas horas, não permitiu que alguém repousasse. Foi a sua terceira passagem por Portugal e, claro, assinou uma grande actuação.
Cristiano Pereira
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste sábado.
tags:
publicado por JN às 01:09
link do post | comentar | favorito
|
O blog do JN online
que acompanha
em permanência a festa
na Zambujeira do Mar

VER CARTAZ AQUI

Vídeo


James Live - Sit Down
VER AQUI FOTOGALERIA

tags

todas as tags

posts recentes

Sudoeste despediu-se em a...

Adeus, Sudoeste

Já há som de Albert Hammo...

Momentos refrescantes obr...

James regressam com uma a...

O grande sismo de Buraka ...

Sérgio Godinho e Sam the ...

Imaginação e improviso no...

"A música dá-me liberdade...

Manu Chao trouxe a energi...

Os escoceses Cinematics

Armandinho no palco princ...

Voo picado

Os gajos da Super Bock

É mesmo à Portuga

Nova maratona musical

Ainda a noite número 1...

Sudoeste em clima relaxad...

Palco ministerial...

Actuação dos "I'm From Ba...

Mayra Andrade no palco

Exploração do povo

Época balnear

A prima do Guilherme

Alguém viu?

Fotogaleria

Sudoeste espera 40 mil

Manu Chao e Gilberto Gil ...

The National e outras des...

Horários completos do car...

Espaços no Sudoeste

Sudoeste e Paredes de Cou...

outros festivais no JN

Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds